Search
Close this search box.

Comissão de Infraestrutura une prefeitos na luta pelo Contorno Leste

Fotografia mostra reunião da Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná, liderada pelo deputado Tiago Amaral.

Última reunião do ano tratou ainda do Terminal Metropolitano e outras obras necessárias

Na última reunião de 2023, a Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná debateu o Contorno Leste de Londrina, obra crucial para conectar a PR-445 à BR-369. O futuro contorno permitirá reduzir o tráfego que hoje passa por dentro da cidade através da Avenida Dez de Dezembro. Outro ponto relevante será a melhoria no acesso ao Aeroporto de Londrina, abrindo a possibilidade de um terminal de cargas.

A convite do deputado estadual Tiago Amaral (PSD), os prefeitos José Maria Ferreira, de Ibiporã, e Marcos Antonio Voltarelli (Pinduca), de Alvorada do Sul, participaram da reunião, juntamente com o prefeito de Cambé, Conrado Scheller, que integra a Comissão. Foi a 40ª reunião desde o início da Comissão, em 2017.

Contorno Leste é de extrema importância

O deputado federal Diego Garcia trouxe notícias de Brasília. Segundo ele, a Infra S/A, empresa de projetos do Governo Federal, descarta a inclusão do Contorno Leste no lote 3 da concessão do pedágio, mas abre a possibilidade de colocar a obra no lote 4, que possivelmente só terá andamento em 2025.

Segundo ele, o ministro dos Transportes, Renan Filho, garantiu que o Governo Federal tem a intenção de fazer o Contorno. O deputado Diego sugeriu uma reunião com todos os prefeitos da região, para esclarecimentos sobre a proposta do Contorno Leste. A partir daí, cada prefeito poderia fazer a análise técnica com a equipe do seu município, para alinhar uma pauta a ser tratada com a Infra, antes que o lote seja enviado para o Tribunal de Contas da União.

O deputado estadual Tiago Amaral (PSD) lembrou que grandes obras feitas recentemente nas rodovias federais da região foram pagas pelo Governo do Estado, com recursos próprios. Ele defende que, se não entrar na nova concessão do pedágio, o Contorno Leste de Londrina deveria ser feito pelo Governo Federal: “É uma obra de extrema importância para nós”.

Prefeitos ressaltam importância da Comissão

Com o espaço aberto para a manifestação dos prefeitos da região, o prefeito Conrado Scheller recordou a posição do governador Ratinho Junior de dar peso à decisão coletiva da região sobre o Contorno Leste: “O governador nos deu um grande exemplo de valorização de quem está organizado, quando disse que os prefeitos e a sociedade deveriam assinar o pedido pelo Contorno Leste”. Por isso, a importância do trabalho da Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná: “É uma Comissão organizada, que aprofunda o tema e tem começo, meio e fim. O governador inclusive cita o nome da Comissão quando vem para cá”, pontuou Conrado.

Para o prefeito Zé Maria, de Ibiporã, a Comissão tem uma função fundamental para a nossa região, não apenas em relação ao Contorno Leste: “Nós estamos numa região toda conurbada e não podemos olhar interesses locais, mas interesses regionais. Vamos trabalhar juntos, vamos somar esforços”, pediu.

É o mesmo pensamento do prefeito Marcos Pinduca, de Alvorada do Sul, que também é presidente do Cismepar, o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema, que reúne 21 municípios da região Norte: “A gente está junto e é importante unir forças”.

O deputado estadual Tiago Amaral ressaltou que a Comissão de Infraestrutura tem o papel de unir os municípios: “Não é por acaso que a Comissão é do Norte do Paraná. Somos uma região em que as cidades dependem umas das outras e podemos crescer muito mais quando atuamos em conjunto”.

Fotografia mostra reunião da Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná, liderada pelo deputado Tiago Amaral.
Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná ouviu prefeitos da região.

Atualização das obras

AEROPORTO DE LONDRINA

Sobre o Aeroporto de Londrina, a atualização mais recente foi a reunião do secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, com o ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, que colocou como prioridade a instalação do ILS, sistema de pouso por instrumentos. A Comissão de Infraestrutura segue acompanhando, para assegurar que também o ALS, sistema de luzes, seja instalado pela concessionária CCR.

TERMINAL METROPOLITANO

Já em relação ao Terminal Metropolitano, a coordenadora do Núcleo Regional da Casa Civil da Região Metropolitana de Londrina, Sandra Moya, explicou que a aquisição do terreno para a construção está em fase de finalização, com negociações junto à empresa que é a proprietária da área. O recurso para o pagamento, em torno R$ 19 milhões, será empenhado este ano, de acordo com ela. Com isso, a previsão é que a aquisição do terreno aconteça no máximo até o dia 15 de janeiro.

Sandra Moya disse ainda que também está em andamento a elaboração do termo de referência para o projeto, que está na Amep (Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná). Um grupo de trabalho formado pela prefeitura de Londrina, CMTU, IPPUL, DER e técnicos da Amep, organiza o termo. As empresas de transporte que prestam serviços na região também foram consultadas. O termo de referência deve ficar pronto até 15 de fevereiro, para então começar o processo da licitação. Sandra Moya disse que convidou a Amep para apresentar o termo de referência em reunião na Comissão de Infraestrutura.

VIADUTO DA PUC

As obras do Viaduto da PUC, na BR-369, estão em ritmo acelerado, com a execução dos serviços de drenagem profunda para o emissário da obra que desembocará no córrego do Ribeirão Cambezinho.

As intervenções da obra ocorrem basicamente em toda a extensão paralela à Av. Jockey Clube e na faixa de domínio da pista sul da BR-369. Há interdição parcial de uma das faixas de tráfego da pista sul, no sentido de Cambé para Ibiporã.

O consórcio de empresas responsável pela obra está trabalhando com uma equipe de mais de 50 pessoas. O valor investido até o momento é em torno de R$ 2,8 milhões e o investimento total na obra será de R$ 31,6 milhões.

 DUPLICAÇÃO DA PR-445

Entre Mauá da Serra e Lerroville, as obras estão em ritmo acelerado, com a execução dos serviços de terraplenagem concluídos em 15 quilômetros. A pavimentação em 13 quilômetros está em andamento. Também estão sendo feitas as pontes dos rios Apucaraninha e Santa Cruz.

Participaram da reunião:
  • Rosinda Stremlow – AEPIC
  • Fabio Bearzi – AEPIC
  • Antonio Nechar Junior – Associação Médica de Londrina
  • Angelo Pamplona – Associação Comercial e Industrial de Londrina
  • Decarlos Manfrin – Sinduscon
  • Ana Bárbara Lourenço Jorge – Sinduscon
  • Fabiano Bianchi – Sebrae
  • Sergio Bonocieli – ATT
  • Sandra Moya – Casa Civil Londrina
  • Lorena Canhada – Assessoria dep. Diego Garcia
  • Conrado Scheller – Prefeito de Cambé
  • José Maria Ferreira – Prefeito de Ibiporã
  • Marcos Antonio Voltarelli (Pinduca) – Prefeito de Alvorada do Sul
  • Diego Garcia – Deputado Federal
  • Tiago Amaral – Deputado Estadual

 

Obrigado por ler nosso artigo

Quando Tiago Amaral dá a sua palavra está garantindo que trabalhará incansavelmente para atender aquela demanda.

Novidades

Vem pro Face do Tiago

Último vídeo

Acompanhe o Tiago no seu E-mail

ocê gostaria de receber dicas, novidades e conteúdos exclusivos do Tiago no seu e-mail? Então, inscreva-se na newsletter dele e não perca nada! É fácil e rápido, basta clicar no botão abaixo e preencher o formulário. Você vai receber um e-mail de confirmação e pronto, você já faz parte da lista de assinantes do Tiago. Aproveite!