Search
Close this search box.

Reunião no DER busca solução definitiva para melhorar trânsito no acesso à UEL

Fotografia mostra deputado Tiago Amaral com representantes da UEL, DER e CMTU, discutindo melhorias no trânsito no acesso à UEL.

Preocupado com congestionamentos e acidentes, deputado Tiago Amaral organizou o encontro

A duplicação da Rua Constantino Pialarissi, um dos principais acessos ao Campus da Universidade Estadual de Londrina, promete melhorar o trânsito da região Sul da cidade no futuro. Mas a situação deve se tornar mais crítica durante as obras. Para viabilizar soluções, o deputado estadual Tiago Amaral (PSD) organizou uma reunião entre representantes da UEL, da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) e do DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná).

A reunião foi nesta sexta (24/5), na Superintendência Regional Norte do DER, em Londrina. Cálculos da UEL dão conta de que, atualmente, 10 mil veículos entram no Campus todos os dias. O grande volume causa um problema crônico de trânsito e que já provocou uma série de acidentes.

Propostas para resolver o problema

A Prefeitura do Campus Universitário apresentou propostas durante a reunião. Hoje, quem circula pela PR-445 no sentido Londrina-Cambé e precisa ir para o centro de Londrina acaba tendo de entrar no Campus, para pegar a Avenida Castelo Branco. Esse volume de veículos se mistura a todo o tráfego interno da comunidade da UEL, que tem mais de 25 mil pessoas.

“A nossa proposta é recuar essa entrada para a marginal e criar um novo acesso para a UEL”, explica o prefeito do Campus Universitário, Luiz Cláudio Buzeti. De acordo com ele, todo o tráfego seria separado: “Quem precisa ir apenas para a UEL, entraria no novo acesso. E quem precisa ir para o centro de Londrina, via Avenida Castelo Branco, continuaria usando a alternativa atual. A gente acredita que isso melhoraria muito a questão do congestionamento”.

Outra intervenção proposta seria criar uma segunda alternativa de entrada para o Campus, junto ao letreiro da universidade, onde hoje só é possível sair. “A geometria permite termos uma entrada e uma saída ali. É uma solução que melhoraria muito o trânsito para quem vem pela Avenida Faria Lima”, detalha Buzeti.

Projeto de novo acesso ao Campus da UEL: trânsito melhor para quem vem pela Avenida Faria Lima.

Contorno Sul é necessário

Outro ponto importante observado pelo deputado estadual Tiago Amaral é que hoje a PR-445, dentro de Londrina, tem um volume alto de tráfego, e acaba funcionando como uma grande avenida dentro da cidade. Na avaliação de Tiago Amaral, é preciso considerar mais um contorno, além dos Contornos Norte e Sul, que vêm sendo discutidos para Londrina. “Eu tenho batido na tecla da necessidade de fazer também o Contorno Sul, para tirar o trânsito de dentro da área urbana da PR-445”, defende.

Participaram da reunião o reitor em exercício da UEL, Airton José Petris, o prefeito do Campus Universitário, Luiz Cláudio Buzeti, o superintendente regional Norte do DER, Leno Fanchim, e o gerente de Trânsito da CMTU, Jonas Rico.

Obrigado por ler nosso artigo

Quando Tiago Amaral dá a sua palavra está garantindo que trabalhará incansavelmente para atender aquela demanda.

Novidades

Vem pro Face do Tiago

Último vídeo

Acompanhe o Tiago no seu E-mail

ocê gostaria de receber dicas, novidades e conteúdos exclusivos do Tiago no seu e-mail? Então, inscreva-se na newsletter dele e não perca nada! É fácil e rápido, basta clicar no botão abaixo e preencher o formulário. Você vai receber um e-mail de confirmação e pronto, você já faz parte da lista de assinantes do Tiago. Aproveite!